sábado, 10 de janeiro de 2015

MAKING OF - HISTORIETA DE QUINTA 41

A ideia da tirinha, a principio, era mostrar um professor feliz por ver que dois alunos problemas fugiam da escola e assim finalmente poderia dar aula (ou tentar). Um contraste com o que ensinam nas faculdades de educação sobre "escola sem muros".
Com esse enredo, parti narrativa visual numa folha offset e lápis azul.


1- Notem o PLANO E CONTRA PLANO do professor com o aluno que foi excluído da tirinha final. Achei que era um melodrama cafona. Sem contar que todo o texto foi excluído.
O roteiro seria:
Quadrinho 1
Professor (pensamento): 7:15... faltam 5 minutos...
Quadrinho 2
Narrador: Matheus e Marcelo, duas típicas crianças problemáticas.
Arte Original a venda no ebay
Para a finalização com nanquim, utilizei um BrushPen importado (e barato!!) que comprei nesses site AliExpress. É impressionante a quantidade de coisas que você encontra na internet.
2- Depois de escanear a arte, fiz a finalização: Retirei o lápis azul do traço, copiei o muro do próprio Álbum "The Wall" do Pink Floyd e acrescentei o Título "Another BriCk"
Eu não tenho o Vinil. Peguei a imagem no Google - só pra impressionar mesmo.
Vocês podem conferir o resultado aqui e reparar algumas alterações. Voluntariamente, o quinto quadrinho sumiu. Achei que era um drama desnecessário aquela troca de olhares. Também tornei a distância "professor X aluno" no último quadrinho bem maior. E, como espero que vocês tenham notado, excluí todas as falas e pensamentos. que continham no roteiro. Sem falas a tirinha ganharia (pensei eu) mais interpretações. O que de fato ocorreu (posts copiados de comentários de facebook):

- É por conta de atitudes assim que a educação no brasil está do jeito que está.
- Você já fez isso? É história real? kkkk
- Tem umas pragas que só quando faltam a gente consegue trabalhar mesmo.
- Nossa... que triste...
- Isso é uma música do Pink Floyd.
- Legal essa sua tirinha...

Um comentário:

Ozymandias Realista disse...

Já disse, e digo mais uma vez, foi ela que me introduziu no El Fanzine. Ainda vou ter esse vinil, uma verdadeira obra de arte.